decoração com plantas

Saiba como integrar plantas para ambientes internos

A integração da vegetação nos ambientes internos da casa se tornou uma grande tendência de decoração e sem dúvidas traz vários benefícios para todos os espaços, como conforto térmico, regulação da umidade do ar e, claro, uma bela estética. Apesar de todas as vantagens, é preciso saber aproveitar as plantas para decoração de acordo com o espaço disponível.

Neste contexto, o post de hoje vem para compartilhar inspirações e te ajudar a encontrar a melhor maneira de integrar as plantas para ambientes internos na sua casa com muito estilo, praticidade e elegância. Continue a leitura para conferir essas dicas exclusivas!

Como criar uma decoração com plantas em casa?

A tendência de plantas em ambientes internos é mais recente na decoração e chegou para quebrar o padrão de que só podia ter vegetação em casa quem tinha espaço suficiente para um jardim. Hoje é possível incorporar ideias inovadoras nos projetos de interiores, trazendo técnicas de paisagismo natural para dentro de casa, independente do tamanho do espaço disponível.

Muita gente acredita que fazer uma decoração com plantas em espaços pequenos é impossível, mas nós estamos aqui para te mostrar que não só é possível, como também pode transformar completamente o ambiente. Com as estratégias corretas, a integração de vegetação dentro de casa funciona em qualquer contexto. 

7 formas de integrar plantas para ambientes internos 

1. Jardins verticais

Os jardins verticais são um dos conceitos que mais ganhou destaque quando o assunto é utilizar plantas na decoração, isso porque podem ser aplicados em qualquer ambiente sem ocupar muito espaço ou atrapalhar a circulação. A ideia aqui é criar uma parede com efeito de volume e é possível utilizar diferentes tipos de estrutura para conseguir o resultado desejado.

Jardineiras verticais e treliças são algumas das estruturas mais utilizadas para preencher uma parede, mas você também pode fazer uma moldura com a planta de sua preferência. O ideal aqui é escolher espécies trepadeiras ou pendentes, como a jiboia, a samambaia e o rabo-de-gato, lembrando sempre de verificar as condições do ambiente para escolher a planta mais adequada. 

2. Urban jungle

O conceito de urban jungle, ou selva urbana na tradução para o português, consiste em criar uma espécie de jardim dentro de casa, incluindo materiais encontrados na natureza, como madeira, palha e plantas, claro. Essa técnica surgiu como uma forma de trazer o verde para perto nas áreas urbanas em que o acesso à natureza é mais limitado, deixando assim os ambientes mais aconchegantes. 

Para montar a sua urban jungle, escolha um cantinho da sua casa com boa entrada de luz natural e então decida quais plantinhas você deseja incluir na sua selva particular, já pensando também nos suportes para elas. Além das plantas, você pode colocar móveis e objetos decorativos produzidos com materiais naturais, como a própria madeira ou o bambu, por exemplo. Aqui, contar com a ajuda de um profissional para desenvolver um bom projeto de paisagismo pode fazer toda a diferença. 

3. Treliças

As treliças são uma alternativa bem simples para quem deseja usar plantas para decoração dos ambientes internos e até externos. Você pode utilizar a estrutura para dividir espaços em casa ou em uma parede específica para criar um ponto de destaque no cômodo. 

Apesar de ser uma estrutura muito versátil, é preciso utilizar especificamente plantas trepadeiras para conseguir o visual desejado neste caso. As espécies com raízes aéreas, como as orquídeas, são boas opções. Além das orquídeas, o filodendro-cordato e a hera são outras alternativas que se desenvolvem muito bem nas treliças. 

Outra dica para manter o visual sempre bonito, é fazer as podas das espécies de maneira correta. Assim você evita um visual bagunçado e ainda dá força para que as plantinhas se desenvolvam melhor. 

4. Plantas pendentes

As plantas pendentes são outra alternativa para quem tem cômodos menores. Você pode pendurá-las no teto ou deixá-las em prateleiras, assim elas não ficam no meio do caminho e você tem todo o espaço de circulação livre. 

Além de serem muito práticas na otimização do espaço, as plantas pendentes ainda criam um visual incrível e são um excelente complemento para a sua decoração. Esse tipo de espécie pode até ser usado para compor a sua urban jungle. A peperômia, o dinheiro em pencas, a samambaia e a jiboia são as mais conhecidas. 

Se você gosta de suculentas, aposte na suculenta dedo de moça ou na espécie rabo de raposa. Elas têm um efeito visual incrível e trazem um toque diferente para qualquer ambiente. 

5. Vasos 

Não poderíamos deixar de incluir nessa lista um item clássico de decoração com plantas: os vasos. De diversos modelos, tamanhos, cores e texturas, esse acessório que parece simples, na verdade permite complementar a estética dos ambientes de maneira totalmente personalizada. 

Na hora de escolher, esteja atento ao escoamento de água e certifique-se de que a sua plantinha terá espaço suficiente para se desenvolver da melhor forma possível. Além das opções disponíveis no mercado, você mesmo pode colocar as mãos na massa e criar o seu vasinho com inspirações encontradas na internet. 

6. Estantes

As estantes, prateleiras e nichos são ótimos acessórios para otimizar o espaço da casa e auxiliar na organização, mas são também grandes aliados da decoração. No caso das plantas, esses objetos podem servir de suporte para vasos e você pode preenchê-los com cactos, suculentas ou até mesmo espécies pendentes, criando assim um visual incrível. 

Outra opção bem interessante é criar uma estante apenas para suas plantas, que pode servir como divisor de ambientes ou simplesmente como parte da decoração. A ideia é que o espaço funcione como um expositor, mas lembre-se de escolher um local com as condições adequadas para que as plantas se desenvolvam bem. 

7. Horta em casa 

Outra tendência que cresceu muito nos últimos anos foi a horta caseira. Grandes ou pequenas, o conceito reflete a preocupação com hábitos saudáveis e garante alimentos frescos sempre, além de dar um toque de aconchego para a decoração. 

Ao contrário do que muita gente acredita, montar uma horta em casa não exige um grande espaço: é possível criar um cantinho de temperos em prateleiras na parede ou até mesmo na bancada da cozinha! Basta escolher potinhos ou suportes com tamanho suficiente para o desenvolvimento das espécies.  

E então, já tem uma inspiração favorita? Agora é só colocar a ideia em prática para ver o ambiente se transformar totalmente! 

Se precisar de ajuda para integrar as plantas na decoração, conte com a equipe do ArqFuke para desenvolver os melhores projetos de interiores e paisagismo. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Open chat
1
Olá, podemos ajudar?