como adaptar a casa para idosos

Como adaptar a casa para idosos: confira 6 dicas essenciais!

Ao contrário de antes, as pessoas tem vivido bem mais. A população está envelhecendo, mas isso não quer dizer que todos estão preparados para essa nova fase da vida, por isso saber como adaptar a casa para idosos é essencial para garantir o bem-estar e a segurança.

Se você quer saber os principais pontos para realizar a adaptação da casa para um idoso, acompanhe as nossas dicas neste post!

Como adaptar a casa para idosos?

A arquitetura tem evoluído com o passar dos anos e a sociedade tem modificado sua forma de viver nas cidades, fato que impacta diretamente na forma como os profissionais da área de arquitetura devem projetar casas, comércios e outras construções.  

Quando estamos esperando por um bebê, a casa recebe várias adaptações para que o dia a dia das pessoas envolvidas seja mais seguros e práticos, mas isso nem sempre acontece quando envelhecemos.

Apesar da adaptação da casa para idosos ser muito importante, ainda existe muita gente que deixa isso para depois.

Sabemos que esse assunto envolve um preparo psicológico, pois geralmente se trata de uma casa em que a pessoa morou por toda a vida e modificá-la pode ser difícil. Além disso, o financeiro também pode ser uma dificuldade na hora de desenvolver um novo projeto arquitetônico.

Dicas de adaptação da casa para idosos

Além de buscar por pisos mais adequados para a segurança, como algumas opções antiderrapantes (principalmente para áreas externas, piscinas e banheiros), existem outras maneiras de facilitar a rotina do idoso e proporcionar mais autonomia.

Separamos algumas dicas baratas, práticas e necessárias para trazer qualidade de vida aos moradores nessa nova etapa. Olha só:

  1. Barras de acessibilidade

As barras de apoio são essenciais para o conforto do usuário no dia a dia, principalmente nos banheiros. Você sabia que o maior índice de acidentes em casa é exatamente no banheiro?

Portanto, o mais indicado é utilizar marcas que possuam uma linha em conformidade com a norma de acessibilidade, a NBR 9050/2015

Instale barras ao lado da bacia e dentro do box dos banheiros. Dependendo da necessidade do usuário, a instalação de bancos fixos dentro do box pode ser uma ótima opção para que o idoso consiga ficar sentado durante o banho, trazendo mais conforto e autonomia.

  1. Portas

Outro ponto importante são as portas, que devem ser fáceis de abrir. As portas dos banheiros, por exemplo, devem sempre abrir para o lado de fora.

Caso ocorra algum acidente dentro do banheiro, as portas com abertura para fora facilitam a prestação de socorro.

  1. Evite box de vidro

Os box de vidro não são indicados para essa adaptação. Eles atrapalham no caso da locomoção com cadeiras de rodas e podem causar acidentes graves caso sofram algum impacto.

  1. Iluminação

A iluminação é um ponto importante para a casa, principalmente quando o assunto é adaptação para idosos.

A dica é utilizar sensores de presença nos corredores e luz branca para auxiliar a visão e facilitar a locomoção.

  1. Bancadas, mesas e móveis

Com relação às bancadas e mesas, o ideal é trocar a altura final, ajustando conforme a altura do usuário.

 Se não for possível trocar os móveis por outros com quinas arredondadas, desobstruir passagens já vai ajudar bastante. Isso vai aumentar o espaço para circulação e trazer mais funcionalidade ao ambiente.

Retirar tapetes e objetos baixos também ajuda a evitar acidentes.

  1. Cores

Utilizar pisos e cores mais claras nas paredes facilitam a identificação de desníveis e deixa o ambiente mais claro.

Se não for possível retirar todos os desníveis do local, a dica é sinalizar com faixas e cores diferentes para evitar acidentes.

Para desenvolver um bom projeto, contrate um escritório de arquitetura qualificado. A ArqFuke desenvolve o projeto arquitetônico e o projeto de interiores para você, pensando na melhor forma de adaptar os espaços e facilitar a rotina dos usuários.

Acesse nosso site para conferir nossos serviços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *