colisão de aves em vidros

Confira 5 dicas para evitar a colisão de aves em vidros

Não há dúvida de que os vidros trazem muitos benefícios para as construções: entrada de luz natural, melhor ventilação e estética agradável são alguns exemplos. Apesar disso, eles podem ser grandes vilões para a natureza, mais especificamente para as aves.
A morte de aves por colisão com vidraças é muito comum, mas a boa notícia é que existem diversos meios sustentáveis para evitar esses acidentes e ainda contribuir para a preservação das espécies.
Quer descobrir quais são eles? Então siga a leitura deste post e para conferir 5 maneiras de evitar a colisão de aves em vidros!

Por que as aves colidem com vidros?

Você já deve ter ouvido falar por aí sobre a colisão de aves com vidros, mas pode estar se perguntando por que isso acontece com tanta frequência. É importante entender este ponto, por isso decidimos te explicar a causa desses impactos antes de compartilharmos as dicas para evitar os acidentes.
Os arranha-céus foram uma grande conquista no ramo de construção civil e sem dúvidas um marco de desenvolvimento e tecnologia para a sociedade, mas trouxeram grandes impactos para os animais. As construções ocuparam o espaço da natureza e as aves tiveram seu habitat natural totalmente transformado, por isso precisaram se adaptar de diversas maneiras.
Em grande parte dos casos, as aves não conseguem enxergar os vidros e por isso seguem seu voo normalmente, o que leva à colisão. Como os animais voam em uma velocidade considerável, o impacto com uma barreira física acaba sendo ainda maior e pode levar à morte dos pássaros.
Os reflexos nos vidros também podem confundir as aves, deixando-as desorientadas e tendo o choque como consequência.

Como evitar a colisão de aves em vidros?

Para se ter uma ideia de como as construções com vidros podem impactar na vida silvestre, pesquisas feitas nos Estados Unidos apontaram a colisão em vidraças como a causa da morte de aproximadamente 1 bilhão de aves anualmente.
Neste contexto, torna-se cada vez mais necessário a adaptação de construções para garantir a segurança dos animais e nós estamos aqui para te mostrar que é possível criar espaços mais aconchegantes e ainda utilizar soluções sustentáveis capazes de proteger os pássaros contra os choques em vidraças.
Pensando nisso, listamos aqui 5 dicas para tornar a sua casa, seu prédio ou o seu estabelecimento um local amigável para os pássaros, confira:

1. Adesivos circulares

Uma maneira prática e muito eficiente para tornar os vidros mais visíveis às aves é acrescentar desenhos à superfície para facilitar a identificação de uma barreira física. Pesquisas realizadas por biólogos da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) apontaram os adesivos circulares como um dos meios com melhor resultado.
A ideia é muito simples e demonstrou bons resultados nas pesquisas, que ainda seguem em busca das melhores soluções para evitar a colisão de aves em vidraças. Vale destacar que as marcações circulares devem ser posicionadas a poucos centímetros entre si e podem ainda ser feitas com canetas específicas ou tinta.
Existe ainda a possibilidade de optar pelo processo de impressão em cerâmica, que permite a criação de padrões nos vidros. É possível escolher cores, opacidade e desenhos com técnicas em serigrafia ou em impressão digital, sendo a última opção mais flexível.

2. Linhas verticais

Assim como os adesivos circulares, as linhas verticais também são uma excelente solução para evitar a colisão de aves em vidros nas construções. É possível utilizar adesivos ou ainda fazer as linhas com caneta apropriada para a superfície.
Essas linhas criam um efeito visual capaz de fazer com que as aves identifiquem a presença de um bloqueio na trajetória de voo, impedindo-as assim de tentar uma passagem que levaria ao choque com o vidro.

3. Vidros com textura

Vidros com a superfície texturizada ou serifada são ótimas opções para preservar as aves e evitar acidentes. Caso esteja no momento de comprar materiais de construção para a sua obra, mantenha isso em mente e pesquise opções nestes modelos.
Além de poder acrescentar a impressão em cerâmica, vale pesquisar modelos de vidros que já venham texturizados de fábrica. Outra dica importante é ficar longe dos vidros com chapa espelhada, pois eles são reflexivos e acabam confundindo os animais.
Ah, caso você não faça tanta questão de chapas transparentes, vale a pena conferir também as opções de vidros translúcidos e dicróicos. Os primeiros são mais porosos e opacos, já os segundos podem ser coloridos e por isso facilmente identificáveis pelos pássaros.

4. Cortinas

As cortinas são uma solução mais temporária, mas são bastante práticas. Você com certeza tem uma cortina por aí, certo? Elas são itens comuns, mas que podem fazer toda a diferença para as aves.
Além de ser um ótimo complemento para a decoração, o acessório traz cor às vidraças e facilita a identificação da barreira por parte dos animais. Outra boa opção são as plantas: floreiras nas janelas podem atrair os pássaros, consequentemente interrompendo o voo que levaria ao choque contra as chapas de vidro.

5. Materiais com reflexão de luz ultravioleta

Se você preferir manter a transparência nos modelos de vidros da casa, saiba que existem soluções capazes de manter as chapas incolores e ainda assim ajudar as aves na identificação da barreira. Uma dessas opções é acrescentar um revestimento com capacidade de refletir a luz ultravioleta às vidraças.
Apesar de ser praticamente invisível aos olhos humanos, este revestimento será visualizado pelos pássaros, evitando assim a colisão. Seguindo esse contexto, alguns especialistas indicam o vidro fotovoltaico como outra boa opção.
O produto conta com células fotovoltaicas – aquelas mesmas utilizadas nos painéis solares – capazes de transformar o sol em energia elétrica e assim refletir a luz ultravioleta. É possível encontrar modelos de vidros com diversas opacidades dentre as opções produzidas com este material.

Viu só como é fácil unir beleza e sustentabilidade ao seu projeto arquitetônico? Com este post, você descobriu que existem diversas soluções capazes de proteger a vida silvestre sem prejudicar a beleza da sua construção.
Agora é hora de decidir qual dessas soluções você quer aplicar por aí. Ah, não deixe de conferir outras dicas para tornar sua casa e seu estabelecimento ainda mais incríveis aqui no blog do ArqFuke.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Open chat
1
Olá, podemos ajudar?